Pesquisar

DAVI SACER

Loading...

FAÇA PARTE DA MINHA REDE

quarta-feira, 16 de novembro de 2011

Naturopatia



A Naturopatia é um sistema de cuidados de saúde preliminares, que utilizam ao máximo os recursos da natureza, ecologia, as terapias orientais e ocidentais com o objetivo de prevenir, manter, promover e recuperar a saúde, o bem estar e a qualidade de vida.
Alguns conceitos dizem que saúde é a ausência de doença e acabam tratando apenas os sintomas. Já a Naturopatia entende o ser humano como único e integral, parte da natureza, e por isso homem e natureza são inseparáveis, quando isso não acontece chegam os desequilíbrios…no corpo, no meio ambiente….
A Naturopatia tem consciência  de que para o indivíduo sentir-se bem e estar plenamente saudável não é necessário apenas a  ausência de sintomas e os exames normais, mas sim um equilíbrio entre: corpo, mente e emoções.
Esta é a visão holística, que trata o ser humano como um todo, de forma integral e não partes do corpo ou sistemas como se fossem independentes.
Daí a necessidade de um tratamento específico a cada indivíduo, onde durante uma longa conversa o terapeuta investiga a vida do cliente buscando informações que muitas vezes o cliente não tem consciência  ou não consegue dizer.
A ficha de anamnese, indispensável a qualquer consulta, conta com perguntas sobre o histórico clínico da pessoa, tipo de alimentação, estilo de vida, cuidados e relação dela com o corpo, relacionamento familiar, amoroso e no trabalho; fora o diagnóstico através do pulso, língua, íris, constituição corporal. Tudo isso a fim de ajudar o terapeuta a descobrir a causa do desequilíbrio que está causando o mal estar ou a doença, para a partir daí indicar o melhor tratamento.
A Naturopatia entende que a doença percorre alguns caminhos até instalar-se fisicamente, e durante esse caminho vai dando sinais de que há algo errado. Os sintomas são alertas do corpo, tentativas de auto defesa, que se não forem entendidos vão permitindo a instalação cada vez mais profunda doença.
Também é entendido na Naturopatia o princípio de que qualquer ser da natureza, incluindo o Homem possui uma força vital, capaz de enfrentar e se recuperar de alguma doença  graças a homeostase, que é a tendência natural do organismo de se auto equilibrar. Ou seja o corpo está sempre buscando a saúde, o equilíbrio, embora muitas vezes não é o que a mente lhe transmite.
O poder de cura da natureza é auto organizado, inteligente e inerente aos seres vivos e os recursos da Naturopatia auxiliam nesse processo de volta ao equilíbrio.
Você é o autor da sua doença , assim como a criou pode acabar com ela  e curar-se, ou pelo menos contribuir muito para isso, no entanto é necessario saber o que o fez adoecer. Compreendido isso o precesso de cura é muito mais rápido e definitivo e não paleativo como tomar um remédio que elimine o sintoma, mas não a causa dele. Portanto o doente é participativo
O papel do naturopata é o mesmo de um educador, ele vai ajudar e ensinar seu cliente a identificar as causas de suas desarmonias e a melhor maneira de eliminar essas causas reestabelecendo a harmonia. Uma vez que o terapeuta possibilite que o indivíduo observe e entenda o seu corpo compreendendo os sinais e  a aprendendo como manter-se bem, o paciente poderá fazer pequenas mudanças que possam evitar que o desequilíbrio volte a ocorrer. Assim ele só vai visitar novamente o terapeuta a fim de manter seu bem estar, qualidade de vida e prevenir doenças, que é o maior objetivo da Naturopatia!
As práticas naturopáticas se baseiam em tratamentos e cuidados de ação bio-psico-fisiológicas que buscam reequilibrar as funções orgânicas e outras situações anormais existentes no organismo, proporcionando ao mesmo tempo as condições indispensáveis à manutenção e recuperação do seu  equilíbrio , no total respeito as leis naturais que regulam as funções do corpo humano.
É importante deixar claro que os naturopatas não são médicos e nem dispensam a medicina alopática. Em alguns casos onde a doença já está instalada o próprio terapeuta deve orientar seu cliente a procurar um médico. Aí a Naturopatia  é um tratamento complementar, que vai auxiliar a encontrar o processo de cura. Em alguns casos inclusive é até necessário  autorização médica para continuar o tratamento natural a fim de que esse não atrapalhe o tratamento médico como por ex. massagens em pacientes pós cirúrgicos ou tratamentos de câncer.
Não pense que a Naturopatia parou no tempo e só utiliza técnicas milenares, cada vez mais a tecnologia vem sendo aliada aos tratamentos naturais unindo conhecimentos milenares como recursos modernos como aparelhos  eletromagnéticos e laser.

FONTE:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PLANTAS