Pesquisar

DAVI SACER

Loading...

FAÇA PARTE DA MINHA REDE

terça-feira, 8 de novembro de 2011

Guia das Plantas Medicinais


INFORMAÇÕES IMPORTANTES:

A utilização das plantas como medicamento provavelmente seja tão antiga quanto o aparecimento do próprio homem.


A palavra Fitoterapia deriva dos termos “Phyton” = vegetal e “Therapeia” = terapia. Segundo o Dicionário Aurélio da língua portuguesa, significa “Tratamento de doença mediante o uso de plantas”. Para melhor entendimento, podemos dizer que A fitoterapia é o tratamento das doenças, alterações orgânicas, por meio de drogas vegetais secas ou partes vegetais recém colhidas e seus extratos naturais.
As matérias-primas dos fitoterápicos são plantas (folhas, caule, flores, raízes ou frutos) com efeitos farmacológicos medicinais, alimentícios, coadjuvantes técnicos ou cosméticos.
Apesar de todos os benefícios que as plantas medicinais podem trazer para nossa saúde, devemos ter muita cautela no seu uso. Recomenda-se observar o seguinte:
* O uso das plantas e ervas medicinais, mesmo sendo considerado natural, pode provocar intoxicações e reações adversas perigosas.
* Todas as plantas contem mais de um princípio ativo e alguns deles podem ser contra-indicados para determinadas pessoas ou interagir com princípios ativos de outras plantas e/ou medicamentos. Por isso é importante sempre buscar a orientação de um especialista. 

* Antes de utilizar qualquer planta medicinal ou fitoterápico, lembre-se que é recomendável 
consultar sempre um especialista.
* Ao manusear ervas e plantas medicinais, tome sempre um cuidado especial e as mantenha longe de crianças e animais domésticos.


ATENÇÃO: As informações contidas neste site apresentam apenas finalidades informativas e não devem ser usadas para diagnosticar, tratar, curar ou prevenir qualquer doença e muito menos substituir cuidados médicos adequados.

Este guia foi organizado por nomes populares. É só clicar na letra correspondente à planta pelo seu nome comum ou popular. Aproveite e dê uma passada em todas as letras para aprender mais!

FONTE:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PLANTAS